Diocese de Teófilo Otoni
Diocese de Teófilo Otoni
NOTÍCIAS

ASSEMBLÉIA DE PASTORAL

Regional Leste 2 da CNBB promove Assembleia de Pastoral 2018


O Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo) da CNBB por meio do  Conselho Episcopal de Pastoral está realizando até o dia 15 de novembro, a Assembleia Regional de Pastoral. O evento, que teve início nesta terça-feira (13/11), acontece na Casa de Retiros São José, à Av. Itaú, 475, Dom Bosco. 140 pessoas stão participando da assembleia.

Neste ano, o tema escolhido para a assembleia é: “Uma Igreja em saída frente aos desafios e esperanças do mundo urbano”, visando reunir (arce)bispos, coordenadores diocesanos de pastoral, representantes dos prebíteros e coordenações de Pastoral, para criar um local de reflexão e debate.

A palestra “Cenários urbanos: personagens, linguagem, desafios e sonhos” ministrada pela professora do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da PUC Minas, Luciana Teixeira Andrade, abriu o evento. Segundo a professora, além de falar sobre regionalização e urbanização, o tema abrange os diferentes públicos que existem em cada cidade e essas pessoas, consequentemente, frequentam a igreja. “Então abordar o assunto no âmbito religioso demonstra como é relevante conhecer cada região e suas características”, afirmou.

Da Diocese de Teófilo Otoni estão participando os Padre Nubio Zini, coordenador de pastoral, Padre Jaidsom Martins Representando os Padres da Diocese e substituindo Padre Aurildes Sena, administrador diocesano. José Rodrigues Representando os Leigos da diocese.


Publicado em: 14/11/2018


PALAVRA DO PAPA

 

"Nunca, nunca, nunca insultar os outros, os pais. Nunca insultar o pai, a mãe. Nunca. Tomem esta decisão interior. A partir de hoje nunca insultarei o pai ou a mãe de quem quer que seja. Nos deram a vida. Nunca insultá-los”,

PAPA FRANCISCO

PALAVRA DO BISPO

Sé vacante ou Sede vacante (do latim Trono vazio), no direito canônico da Igreja Católica Romana, corresponde ao período em que a Sé episcopal de uma Igreja particular está sem ocupante.[1] Isto significa que para uma diocese, o bispo diocesano faleceu, renunciou, foi transferido ou perdeu seu ofício. Caso haja um bispo coadjutor, com direito a sucessão, na diocese este é imediatamente conduzido ao governo da Sé episcopal e esta não fica vacante.

 

PADRE AURILDES - Administrador Diocesano